Psicologia Educacional

A Psicologia Educacional é o ramo da psicologia que estuda o processo de ensino/aprendizagem em diversas vertentes: os mecanismos de aprendizagem nas crianças e adultos (o que está estreitamente relacionado com a psicologia do desenvolvimento); a eficiência e eficácia das tácticas e estratégias educacionais; bem como o estudo do funcionamento da própria instituição escolar enquanto organização (onde se cruza com a psicologia social).

 

Desta forma, o psicólogo educacional tem um papel importante na avaliação e desenvolvimento de um plano de intervenção para crianças com necessidades educativas especiais – NEE, nomeadamente, dificuldades de aprendizagem específicas (p.e. dislexia, disortografia, etc.), perturbações comportamentais (p.e. perturbação de hiperactividade e défice de atenção) ou perturbações  emocionais (p.e. ansiedade de desempenho, auto-estima ou auto-conceito diminuídos), em que as características individuais da criança (os seus interesses, competências, dificuldades e necessidades) são preponderantes.

 

Dificuldades Escolares/Profissionais

Relativamente às dificuldades escolares, fala-se frequentemente de crianças, mas não é só neste grupo etário que estas se manifestam. Por vezes estas dificuldades acompanham toda a infância, adolescência e chegam à idade adulta, já na forma de dificuldades profissionais. É por isso importante intervir desde cedo e apurar quais os motivos que estão a gerar as dificuldades, para que em conjunto com o psicólogo se encontre a melhor solução.

 

Orientação Escolar e Vocacional

A orientação escolar e vocacional, embora não sendo um tipo de terapia, constitui um dos tipos de intervenção comum aos psicólogos pois, permite ajudar na escolha de um caminho escolar ou profissional, através da aplicação de testes psicológicos e da entrevista, possibilitando assim uma orientação para a escolha, quer da futura área de estudos a seguir, quer do tipo de profissão que melhor se adapta às suas capacidades cognitivas evidenciadas.